quinta-feira, 28 de abril de 2016

# 697

Admiro nos homens a valentia e não a capacidade diária de se esquecerem que um dia vão morrer.