terça-feira, 15 de janeiro de 2019

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

# 788

© André Príncipe, "M. no Gerês", 2014

segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

# 787



Bairro da Torre, Cascais.

# 786

Foto: Daniel Ramos

quinta-feira, 22 de novembro de 2018

# 785

Help Mariana.

quinta-feira, 15 de novembro de 2018

# 784


Heteronímia. (take 2)

# 783

Heteronímia.

(foto: Marta Chaves)

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

# 782


Scruton.

terça-feira, 23 de outubro de 2018

# 781

I tell you this 
to break your heart, 
by which I mean only 
that it break open and never close again 
to the rest of the world.

(Mary Oliver)

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

# 780


Meet Abraham Link.

terça-feira, 25 de setembro de 2018

# 779


Em que é que ficamos, Serralves?

terça-feira, 21 de agosto de 2018

# 778












Dizer que um homem é heterossexual implica somente que ele mantém relações sexuais exclusivamente com o sexo oposto, ou seja, mulheres. Tudo ou quase tudo que é próprio do amor, a maioria dos homens hétero reservam exclusivamente para outros homens. As pessoas que eles admiram; respeitam; adoram e veneram; honram; quem eles imitam, idolatram e com quem criam vínculos mais profundos; a quem estão dispostos a ensinar e com quem estão dispostos a aprender; aqueles cujo respeito, admiração, reconhecimento, honra, reverência e amor eles desejam: estes são, na sua esmagadora maioria, outros homens. Nas suas relações com mulheres, o que é visto como respeito é gentileza, generosidade ou paternalismo; o que é visto como honra é a colocação da mulher numa redoma. Das mulheres eles querem devoção, servitude e sexo. A cultura heterossexual masculina é homoafetiva; ela cultiva o amor pelos homens. Marilyn Frye